n w

baner
Você está em:   Home

POLI COMEMORA 105 ANOS PDF Imprimir E-mail
SEX, 31 de Março de 2017 11:54


Na foto (E/D): Engenheiro Evandro Alencar (presidente do Crea-PE), professor Marcos Meira (Diretor da FCAP/UPE), economista e político, Raul Jean Louis Henry (Vice-Governador e Secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco), professores: Pedro Henrique de Barros Falcão (Reitor da UPE), José Roberto de Souza Cavalcanti e Alexandre Duarte Gusmão (Diretor e Vice Diretor da Poli/UPE) e vereador Rodrigo Coutinho (representando o seu pai, ex-aluno e deputado federal Augusto Coutinho).


Durante as comemorações dos 105 anos da Escola Politécnica de Pernambuco – POLI/UPE, o diretor professor José Roberto de Souza Cavalcanti, fez um breve relato da história da instituição, destacando que a trajetória da Escola se confunde com a da Engenharia Brasileira e o reitor da Universidade de Pernambuco, professor Pedro Falcão, aproveitou para falar da evolução da UPE nos últimos anos e anunciar a criação do curso de “Física dos Materiais”, na POLI. O vice-governador Raul Henry proferiu uma palestra sobre “A Crise e o Desenvolvimento Econômico no Estado de Pernambuco”.

O evento culminou com homenagem aos que mais se destacaram na comunidade acadêmica no ano passado, premiação da Mostra de Extensão, Inovação e Pesquisa POLI/UPE/2016 e o tradicional parabéns.


alt

O Diretor da POLI/UPE, professor José Roberto de Souza acompanhado pelos professores Pedro Falcão e Maria do Socorro Mendonça Cavalcanti (Reitor e Vice-Reitora da UPE), o palestrante Raul Henry (Vice-Governador de Pernambuco) e o professor Alexandre Duarte Gusmão (Vice-Diretor da POLI/UPE).




RAUL DEFENDE REFORMAS

alt

Um dos pontos altos das comemorações de aniversário dos 105 anos da Escola Politécnica de Pernambuco - POLI/UPE, foi à palestra proferida pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado de Pernambuco, Raul Henry. Ele aproveitou para afirmar que apesar da crise que o país está enfrentando, Pernambuco vem se destacando e as suas perspectivas de desenvolvimento são as melhores possíveis.

Defendendo as reformas previdenciária, tributária, trabalhista, política, educacional e do Estado como saída para a recessão econômica que vem ocorrendo no país, Raul Henry ministrou uma verdadeira aula de economia, mostrando que o Brasil nos últimos 30 anos teve uma trajetória de evolução, com grande crescimento, principalmente entre 2003 e 2008, quando viveu em ascensão. Todavia, o país esqueceu o “dever de casa”, isto é “não soube aproveitar a janela de oportunidades até 2013 para construir os pilares de desenvolvimento sustentado”.

Acrescentou que o Brasil durante esse período deixou se preparar para o futuro fazendo sua infraestrutura, as reformas institucionais de segunda geração (previdenciária, tributária, trabalhista e política) e a do Estado para se tornar mais competitivo, além da reforma educacional para a formação de capital humano e manutenção dos fundamentos da economia. Com a falta desse planejamento, começou a enfrentar situações difíceis até atingir a recessão, com um alto índice desemprego e aumento da pobreza, inflação, etc., Todavia, o economista e político declara que a situação aos poucos vem se revertendo e, desde o inicio do ano, o panorama econômico nacional voltou a reagir, mas “são necessárias às aprovações das reformas previstas” – aduziu.

CENÁRIO PERNAMBUCANO

No caso de Pernambuco, o atual vice-governador, cita que o Estado sofreu os efeitos da crise, teve que fazer alguns ajustes, mas aproveita e ressalta que vislumbra um cenário bastante promissor, já que é muito competitivo, a começar pela sua localização geográfica privilegiada, seguida de infraestrutura, economia diversificada, capital humano, atração de investimentos.

Pernambuco conta com o melhor aeroporto da região, o segundo melhor do país e o 10º da América do Sul, as principais estradas são duplicadas, tem disponibilidade de recursos hídricos e o melhor porto da região nordeste, o de Suape. Tudo contribuindo para o seu desenvolvimento. E, não para aí, dispõe de grande e diversificado polos de competitividade nos mais diversos segmentos como: Polo Automotivo (parque de fornecedores com 16 empresas instaladas, HUB de distribuição de veículos em Suape: Volkswagen, Gm. Toyota, Jeep e Fiat); Polo Naval (Estaleiro Atlântico Sul, o maior da América Latina); Polo Petroquímico (Refinaria Abreu e Lima, e Petroquímica de Suape, onde estão instalados os grupos Alpex e Moss & Ghisolfi, únicos produtores de PET da América Latina); Polo Farmacoquímico (Aché, Hemobrási Biomm); Polo Vidreiro, com uma das fábricas mais modernas do mundo; Polo de Confecções (segundo maior do Brasil); Polo de Bebidas, destacando a Ambev (uma das maiores fábrica de bebidas do mundo), além da: coca cola, grupo Petrópolis, Pernod Ricard, Pitú, Campari, Heinkein, Cia Müllher de Bebidas, etc.); Polo de Alimentos (brf, Unileven, Nestlé, Pepsico, Nissin Burgen, Vitarella, Capriche, M. Dias Branco).; Polo Energético (parque eólicos); Polo de Fruticultura Irrigada (Vale do São Francisco). Polo Tecnológico com 276 empresas; e também os Polos: Gesseiro, Turístico e Médico.


POLI ENTREGA TROFÉUS

Como ocorre anualmente, por ocasião do aniversário da Escola foram homenageados com o troféu “POLI/UPE: Ciência, Tecnologia e Inovação” os que mais se destacaram no ano passado, nas categorias: Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação, o aluno laureado, professor aposentado, o funcionário e também aqueles que prestaram relevantes serviços a Escola. Também foi realizada a entrega da premiação da Mostra de Extensão, Inovação e Pesquisa Poli/UPE/2016, promovida pela Coordenação Setorial de Extensão, Inovação e Pesquisa durante a Semana Universitária.


HOMENAGEADOS COM O TROFÉU “POLI/UPE: CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO”

Categorias: Ensino – Professor José Roberto Lessa de Souza; Pesquisa – Professor Dr. Bruno José Torres Fernandes; Extensão - MSC. Emmanuel Andrade de Barros Santos; A Inovação - Carmelo José Albanez Bastos Filho; Aluno Laureado das Engenharias com média geral (9,74) - Nestor Tavares Maciel Júnior- Graduado em Engenharia da Computação; Servidor Técnico/Administrativo - Rivaldo Severino da Silva; Professor Aposentado  - Professora Mirtes Mahon Mattar; e Homenagem Póstuma – professor João Martins Reis Neto; Pelo Apoio prestado à Escola Politécnica de Pernambuco - Raul Jean Louis Henry (Vice-Governador de Pernambuco); Ex-aluno e deputado federal - Augusto Rodrigues Coutinho de Melo (representado pelo seu filho, vereador Rodrigo Coutinho) e Pelos Relevantes e Serviços Prestado à POLI Escola Politécnica de Pernambuco – o Magnífico Reitor da UPE, Professor Pedro Henrique de Barros Falcão.


PREMIAÇÃO

A Comissão Organizadora da Mostra de Extensão, Inovação e Pesquisa POLI/UPE/2016 presenteou os membros da mesa com uma cópia dos Anais Eletrônico da Mostra, evento organizado pela Coordenação Setorial de Extensão e Cultura (Csec) da Escola, e realizado durante a Semana Universitária, envolvendo toda a comunidade acadêmica da Escola, principalmente alunos de graduação e mestrado dos diversos cursos de engenharia, que sob a orientação de seus professores desenvolvem trabalhos relevantes de pesquisa, extensão e/ou inovação tecnológica, entregou a premiação aos melhores avaliados pelo Comitê Científico da Mostra.