n w

baner
Você está em:   Home Notícias Escola Politécnica de Pernambuco completa 100 anos e ganha homenagem

Escola Politécnica de Pernambuco completa 100 anos e ganha homenagem PDF Imprimir E-mail
SEG, 19 de Março de 2012 08:39

Com um histórico de muito sucesso, a Escola Politécnica de Pernambuco (Poli) comemora este ano um século da sua fundação. Para celebrar a data, a Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou uma sessão solene, na noite de terça-feira (13), homenageando a instituição de ensino superior. Para comandar a mesa da homenagem, que surgiu de uma proposta do deputado estadual Luciano Siqueira, estavam presentes o deputado estadual Tony Gel, que representou o presidente da Assembleia, Guilherme Uchoa; o Reitor Universidade Católica de Pernambuco, Padre Pedro Rubens; o Reitor da Universidade de Pernambuco, Carlos Calodo; e o diretor da Poli, Pedro de Alcântara Neto.

Padre Pedro falou da sua satisfação em ver a Poli completar 100 anos e destacou: “Homenagear a Poli é homenagear o povo pernambucano, porque sabe preservar e renovar, ou inovar, suas grandes tradições”. O Reitor da Unicap lembrou que foi graças à adesão da Poli que a Católica pode deixar de ser a Faculdade de Letras Manoel da Nóbrega para se tornar a Universidade Católica de Pernambuco. Ao final de sua fala, o Padre Pedro Rubens entregou uma placa de homenagem ao diretor da Poli, Pedro de Alcântara Neto: “A Universidade Católica de Pernambuco homenageia a Escola Politécnica de Pernambuco pelos seus 100 anos de fundação. E renova a sua gratidão à Poli pela sua fundamental participação no projeto de criação da Unicap. Por isso, muito obrigado”, concluiu.

O diretor da Poli agradeceu a homenagem em nome da instituição e lembrou que o ano de 1912 foi bastante marcante para o estado de Pernambuco, não só pela fundação da Escola, mas por ter sido o ano de morte do patrono da Câmara Municipal do Recife, José Mariano, e pelo nascimento do mestre Luiz Gonzaga, no Sertão do Araripe. “Começamos só com uma ideia, um coração cheio de amor e uma vontade de fazer”, afirmou Pedro de Alcântara sobre o surgimento da Escola Politécnica de Pernambuco. Ele falou ainda da preocupação da instituição que dirige em formar não apenas engenheiros, mas em primeiro lugar cidadãos e que estes possam ocupar bons cargos no mercado nacional, que cresce cada vez mais.

Para também agradecer a homenagem, o Reitor da Universidade de Pernambuco, instituição à qual a Poli é ligada, pediu a palavra. Carlos Calado relembrou que assim como Luciano Siqueira, que propôs a homenagem, o fundador da Escola Politécnica também era formado em Medicina e brincou: “Nada mais preventivo para um engenheiro do que a ação de um médico”. O Reitor da UPE falou também sobre a homenagem prestada pelo Reitor da Unicap: “Nossa amizade com o Padre Pedro Rubens não é só pessoal, que o é, mas também institucional e bastante importante para ambas as instituições”.

Para baixar a matéria clique no link abaixo: